“Empresa de energia solar precisa ser séria e prestativa”, diz casal de Petrolina